segunda-feira, maio 07, 2012

Violetas

As violetas, embora não sejam as flores mais perfumadas, são preferência nacional por serem simples de cuidar e muito coloridas. Elas são originárias da África do Norte e existem várias espécies, sendo que algumas delas chegam a mais de 15 centímetros de altura.
Embora sejam muito fáceis de manter, existem alguns cuidados que devem ser tomados com essas flores:Violeta

Usar Vaso de Barro

Embora as violetas sejam normalmente comercializadas em vasos de plástico, o ideal é que elas sejam plantadas em vasos de barro. Esse tem a vantagem de absorver o excesso de água e permitir que as raízes da planta “respirem” adequadamente. Vale lembrar que as violetas são plantas muito sensíveis ao excesso de umidade, chegando muitas vezes a sofrer ataques de pulgões quando em ambientes muito úmidos.

Manter Longe do Sol

As violetas são flores de vaso por excelência, tanto que não suportam luz solar direta e devem ser mantidas rigorosamente à meia-sombra. Embora sejam plantas que não gostem de muita luz, não devem permanecer em recintos fechados por muito tempo, pois suas folhas vão ficando amareladas e as raízes podem sofrer o ataque de fungos.

Precisa Replantar?

Assim como outras flores de vaso, depois de alguns meses a violeta pode crescer ao ponto de preencher todo o vaso – precisando, nesse caso, de uma muda.
Para verificar se a flor precisa ser tranferida de vaso, basta retirar um pouco de terra rente a borda do vaso. Se ao retirar uma fina camada da superfície você perceber que o interior do vaso está tomado pelas raízes da planta, está mais do que na hora de passar a violeta para um vaso maior.
Para tanto, retire com cuidado a planta do vaso atual – tomando cuidado para “descolar” as raízes do vaso. Faça uma poda nas extremidades das raízes que estiveram em contato com o vaso.
Antes de replantar a violeta no novo vaso, insira alguns pedriscos e pedaços de cerâmica no fundo do vaso, para facilitar a drenagem da água. Use também terra vegetal com humús, que são ricas em nutrientes essenciais para essas plantas.
Preencha metade do vaso com a mistura de terra e humús, insira a violeta, e preencha o restante do vaso. Ao preencher o vaso com a mistura de terra, tome o cuidado de não encostar os caules mais próximos da terra.
Esses são apenas alguns cuidados que devem ser tomados com as violetas, para que essas flores continuem sempre coloridas e viçosas.




As violetinhas confeccionadas em feltro são as lembrancinhas escolhidas pela mamãe da Violeta, uma bebê que nasce em junho, na Serra Gaúcha. 


Adoramos esse nome, cheio de graça e significados. A cor violeta é tida como transmutadora, transformando sentimentos negativos em amor. Bem vinda, VIOLETA!!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário